“O que quer que seja que plantemos no nosso insconsciente e alimentemos com a repetição e a emoção, um dia tonar-se-á realidade.”        Earl Nightingale

A hipnoterapia é hoje reconhecida como um método terapêutico natural, eficaz e tem sido aplicada em diversas áreas de tratamento, sendo reconhecida pela comunidade médica e, em Portugal.

Podemos dizer que a hipnose consiste num estado de foco, de atenção em que entramos naturalmente. Já todos experimentamos em algum momento das nossas vidas, estar tão atentos a algo que nos dissociamos da realidade exterior.

Quando vemos um filme, ao lermos um livro ou mesmo quando estamos a conduzir na nossa rotina diária, experimentamos vários estados de transe.

No âmbito terapêutico, o estado de hipnose é induzido através de sugestões dadas pelo terapeuta ao paciente convidando-o a fechar os olhos, a relaxar o seu corpo, acalmar a sua mente, mudando o foco de atenção do exterior para o interior. O corpo fica tão descontraído e num estado de relaxamento que parece estar a dormir. Mas a verdade é que a pessoa hipnotizada não está a dormir, é como estar a sonhar acordado. Neste estado, a mente fica bem desperta e a pessoa está totalmente em controlo.

Não dirá ou fará algo que não queira ou que seja contra o seu sistema de convicções. E quando desperta deste estado, a pessoa lembra-se do que se passou, tal como numa conversa normal em que se filtra as partes mais importantes e relevantes da conversa.
Neste estado de hipnose, a mente fica mais receptiva e permeável, e o trabalho terapêutico feito para alcançar as mudanças desejadas no pensamento, atitudes e comportamento tem resultados mais rápidos e eficazes.

No entanto apenas sugestões que previamente se disponibilizou a aceitar, não sendo por isso possível fazer com que alguém faça algo contra sua vontade.

Indicações terapeuticas:

  • Controlo de peso;
  • Tabagismo;
  • Sono;
  • Ansiedade na Performance;
  • Auto-estima, auto-confiança;
  • Tratamento e Prevenção do Stress;
  • Controlo da dor (enxaquecas, colite, fibromialgia);
  • Reorganização de comportamentos não funcionais
  • Hipnose pediátrica

Consultas em português e inglês

 

O estado de transe hipnótico induzido não é perigoso se facilitado por um profissional certificado e de confiança.
A hipnose está contra-indicada em situações de psicose, perturbações de personalidade ou casos de epilepsia.
Pessoas com quadros depressivos profundos devem aconselhar-se devidamente junto do seu médico antes de procurar um hipnoterapeuta.

 

Faça o download do audio gratuito de auto hipnose e comece já a sua viagem …